Prev Next
10/29/2011 23:22

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987)

 

“No caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho.” Talvez o primeiro poema que nós ainda brasileirinhos aprendemos na escola e que nos ensina muito do futuro que nos espera na vida.

Nascido em Minas Gerais, em 31 de outubro de 1902, foi no Rio que escreveu parte de sua obra, sem nunca esquecer de suas raízes. E foi no morro da Mangueira que ele encontrou outros poetas e músicos. Essa passagem se deu por acidente, quando era da policia montada e tinha que andar pela favela, conhecido de todos deixava o cavalo e ia se juntar aos músicos, em uma ocasião acabou ficando tanto tempo que o seu cavalo voltou sozinho ao quartel, valendo uma passagem pela prisão e decidindo definitavemente seu futuro como poeta.

 O Instituto Moreira Sales faz uma homenagem para o grande poeta brasileiro exibindo videos e documentais sobre sua vida e seus poemas. Além do Instituto na Gávea, também terá exposições em escolas e centros conveniados.

Dia D – Carlos Drummond

Comments

No comments

Add comment

* - required field

*




*